COMO DIMINUIR A LISTA DE CONVIDADOS? Dicas práticas para descomplicar essa etapa

Por | 2019-02-19T01:32:20+00:00 17/02/2019|Categorias: Convites|Tags: , , , |Nenhum Comentário

Diminuir a lista de convidados para o casamento é uma tarefa difícil. Uma vez que os noivos se sentem na obrigação de ter todos os amigos e familiares presentes no grande dia. Porém, listas grandes demandam maior investimento. Para ajudar nesse quesito, separamos algumas informações para você que irá se casar agora e está nesse impasse de quem chamar ou não.

 

1. Obrigação
Em primeiro lugar, é preciso que você corte esse sentimento de obrigatoriedade em relação as outras pessoas. Obrigação possui uma conotação nem um pouco favorável ao ambiente do casamento, além de ser como se fosse um peso que você precisa carregar. E não queremos isso.

 

2. Grupos
Na semana passada, demos a dica para separar os convidados por grupos sociais, como famílias e amigos, e alocar os nomes por ordem de relevância. A lista ficará bem visual e você terá mais clareza em relação aos nomes.

 

3. Prioridade
Pois bem, começamos a complicar um pouco. Para tentar desamarrar a situação, é interessante que os noivos pensem em pessoas que tem alguma ligação com o casal e está presente em suas vidas. Se a sua intenção é estar cercado de pessoas que gostam, não basta apenas ser conhecido. O casamento é uma etapa de celebração de uma relação que já começou há um tempo, é um passo a mais na vida de um casal e nada mais justo que estejam com aqueles que estimem vosso progresso. Façam perguntas: por que queremos convidar essa pessoa? qual a importância dela no casamento? qual a importância dela em nossa vida? temos contato? E por aí vai…

 

4.Racionalidade
É preciso que o casal esteja empenhado em montar a lista com bastante razão dos fatos. Se forem governados apenas pelo emocional, a tarefa ficará muito mais difícil.

 

5. Convidados dos pais
Muitas vezes os pais dos noivos gostam de poder convidar alguma pessoa para acompanhá-los nesse momento. Não é um grande problema desde que vocês estabelecem limites. Inclusive, pode soar como um respeito a estes seres que os geraram. E mais importante: as regras do casamento são definidas pelos noivos. Não há contestação quanto a isso. Se a sua mãe quiser muito convidar aquela tua por quem tem muito apresso, converse com ela e veja uma forma viável para todos ficarem bem.

 

6. Família
Ainda no quesito família. Considere realmente o significado desse grupo em sua vida. Nem todos levam ao pé da letra como pessoas com laços sanguíneos, e sim a que formam com amigos e etc. Se você tem um parente que não estabelece nenhum contato com você ou torce para o seu sucesso, não há razão para convidá-lo, correto?

 

7. Número total
Defina a capacidade da festa e o estilo, como por exemplo se é algo mais intimista ou badalado. De qualquer forma, o número máximo de convidados que vocês pretendem chamar irá determinar os seus custos e estrutura do local.

 

Descomplicou um pouco? Esperamos que sim. O casamento é um momento muito sublime e quando colocamos desespero, não funciona. Por isso, quando o casal for pensar a lista, separem um momento de calma para que os pensamentos fluam com mais facilidade. No mais, desejamos sucesso nessa etapa. Sua intenção é economizar no casamento? Confira o penúltimo post do blog com dicas, só clicar aqui.

 

Até a próxima semana!

Sobre o autor:

Deixe um Comentário